Últimas Notícias :

C E M A - Centro Educacional Maria Auxiliadora - Av Dom Aquino, 449 CEP: 78015200 - Dom Aquino - Cuiabá-MT Fone:(65) 3624-3634 / cema@cemamt.com.br

Aniversariantes do mês

  • 02/07
  • 05/07
  • 06/07
  • 08/07
  • 10/07
  • 13/07
  • 16/07
  • 18/07
  • 20/07
  • 23/07
  • 27/07

Recuperação Semestral

Recuperação Semestral

Jogos Escolares

Jogos Escolares

Mural de Recado

19 JULHO - Dia Nacional do Futebol

No dia 19 de julho comemora-se o dia nacional do futebol.
A escolha da data se deu através da CBF, Confederação Brasileira de Futebol, para homenagear o primeiro time registrado como clube no Brasil, o Sport Clube Rio Grande, fundado em 1900.
O futebol chegou ao Brasil em 1849, através de Charles Miller, que estudou na Inglaterra, onde aprendeu a dominar as técnicas futebolísticas. Ao retornar para o país, trouxe uma bola, uma agulha, uma bomba de encher e um uniforme. Com a divulgação do esporte, este se tornou uma paixão do povo brasileiro, fazendo do nosso país o maior campeão mundial.
As primeiras regras do futebol foram criadas pela associação de futebol de Londres, na Inglaterra, através dos dirigentes dos clubes ingleses. Primeiramente elaboraram treze regras, mas em razão das necessidades, estas passaram para o número de dezessete.
Em 1885 o esporte passou a ser profissionalizado, estimulando o aumento de sua prática, sua evolução técnica e tática. Em virtude de sua popularização por todo o mundo, foi criada uma organização internacional a fim de coordenar os interesses voltados para o esporte, a FIFA - Federação Internacional de Futebol Association.
A origem do esporte se deu por volta dos anos 2.600 a.C, na China, onde era praticado por oito jogadores em cada time, num campo de quatorze metros.
Dentre as modalidades futebolísticas temos o futebol de campo, o futebol de quadra (também conhecido como futsal ou de salão) e futebol de areia (ou beach soccer), cada um com suas regras específicas. Outra forma de jogar é o futebol de botão, feito num tabuleiro e jogado por duas pessoas, mas reproduzindo as mesmas regras.
As competições de futebol acontecem no âmbito municipal, estadual, nacional e internacional. Alguns campeonatos ainda são subdivididos em série A e B, primeira e segunda divisão.
Os campeonatos estaduais são disputados por times das cidades que compõem cada estado, podendo ter mais de um time por cidade. Essas disputas são muito acirradas e muitas vezes as mais violentas, pois as torcidas se encontram nas ruas.
Os campeonatos nacionais são disputados por times que representam os estados, de onde saem os campeões do país. Nessas competições temos o Brasileirão e a Copa do Brasil.
As disputas internacionais acontecem a cada ano, como a Libertadores da América, sul-americano, Mundial do Japão, liga dos Campeões, além dos campeonatos italiano, espanhol e vários outros. O campeonato mais importante mundialmente é a Copa do Mundo, realizada de quatro em quatro anos. Com ela, acontece também a Copa das Confederações, a fim de aquecer os times que participarão da copa do mundo.

20 JULHO - Dia do Amigo

No dia 20 de julho comemora-se o dia do amigo, uma pessoa que não tem laços consanguíneos, mas que é tão dedicado e prestativo quanto às pessoas da família.
A ideia de criação da data surgiu do dentista e professor argentino Enrique Ernesto Febbraro, pois o mesmo analisava que a partir da chegada do homem à lua, o mundo não teria mais fronteiras, deixando de existir as barreiras nos relacionamentos entre as nações, independente da raça, da ideologia ou da religião.
A amizade é conceituada como “sentimento de afeição recíproca, de simpatia e solidariedade, de perfeito entendimento entre grupos de pessoas. É um relacionamento social que gera concordância de sentimentos, posição de respeito ao outro, mesmo tendo opiniões diferentes.”
Na data, Enrique promoveu uma grande festa na capital Argentina, dedicando-a aos amigos. O evento foi um sucesso e a comemoração passou a ser adotada por outras pessoas, se difundindo por todo o mundo. A oficialização da data aconteceu com o decreto nº 235/79.
Em razão da comemoração e criação da data, Enrique Febbraro foi homenageado, recebendo duas indicações ao prêmio Nobel da Paz.
Grupo de Amigos
O Brasil adotou a data rapidamente, pois a população de nosso país é acolhedora, simpática e calorosa. Faz parte do perfil do povo brasileiro ser hospitaleiro e fazer muitas amizades.
Mas ser amigo não é somente conhecer e conviver à distância. A verdadeira amizade requer muito mais dessa relação.
Amigo é aquele que estende a mão quando precisamos, que faz críticas construtivas para que possamos crescer enquanto pessoas, que sofre com nossas angústias e com nossos problemas, mas está sempre do lado, dando forças e incentivando-nos a lutar, a não desistir dos nossos sonhos.
Durante a vida, podemos encontrar vários tipos de amigos, amigos para rir, amigos para desabafar, amigos para viajar, amigos para sonhar. Mas também existem aqueles que vêm com as brincadeiras: amigo secreto, no natal; amigolat, na páscoa; ou simplesmente amigo, no dia do amigo.
Grupo de Amigos - Dia do Amigo
Precisamos ter cuidado mesmo com os chamados amigo “da onça”, aqueles que se fazem de amigos, mas que não o são, enganando os outros com sentimentos falsos, inveja e intriga. Esse “personagem foi criado pelo cartunista pernambucano Péricles de Andrade Maranhão, em 1943”, colocando seus companheiros em embaraçosas situações.

25 JULHO - Dia Nacional do Escritor

O dia 25 de julho é um dia dedicado a homenagear o escritor brasileiro, aquele que elabora artigos científicos, pautados em verdades comprovadas, ou textos literários, divididos em vários gêneros.

O surgimento da data se deu a partir da década de 60, através de João Peregrino Júnior e Jorge Amado, quando realizaram o I Festival do Escritor Brasileiro, organizado pela União Brasileira de Escritores, a que os dois eram presidente e vice-presidente, respectivamente. Porém, de alguns anos para cá, as dificuldades dos escritores tem sido muito grandes, principalmente no que diz respeito à publicação de suas obras. Despreocupados com a qualidade dos textos, mas com a quantidade de vendas dos produtos, muitos editores lançam volumes que garantem retorno econômico à empresa.
Além disso, os meios de comunicação virtual publicam na íntegra, gratuitamente, obras de vários autores, sem considerar os respectivos direitos autorais, causando prejuízos aos mesmos.

Em razão do mundo virtual, jovens e crianças têm perdido o contato com os livros, passando grande tempo na frente do computador ou da televisão. Com isso, o acesso ao mundo letrado tem diminuído consideravelmente, e com ele as vendas dos artigos literários.
Ler é importante para o desenvolvimento do raciocínio, para desenvolver o aspecto crítico do leitor, criando novas opiniões e estimulando sua criatividade. Quando lemos, nos reportamos para outros lugares, como se estivéssemos viajando no tempo e no espaço.

As riquezas literárias são muitas, podendo estar divididas em textos científicos, que comprovam as teorias, e textos literários do tipo romance, comédia, suspense, poemas, poesias, biografias, músicas, novelas, obras de arte, literatura de cordel, histórias infantis, histórias em quadrinhos, dentre vários outros.

Pesquisa realizada em 2001, pela Câmara Brasileira da Indústria do Livro, comprovou que cerca de 61% dos adultos alfabetizados do país mantém pouco contato com livros, enquanto que a camada mais baixa da população, cerca de seis milhões e meio de pessoas, alegam não ter condições de adquirir livros.

Hoje em dia o Brasil conta com mais de trinta projetos de incentivo à leitura, bem como de divulgação das bibliotecas públicas do país e seus acervos bibliográficos, sendo o PNLL (Plano Nacional do Livro e Leitura) o mais importante deles. O programa oferece apoio a novos escritores, defende os direitos autorais dos escritores, abona apoio às publicações para novos autores, investem em traduções, mantém premiações e bolsas de incentivo para novos escritores.

28 JULHO - Lampião, o Rei do Cangaço

No dia 28 de julho de 2009 completa setenta e um anos do falecimento de Virgulino Ferreira da Silva, conhecido popularmente como Lampião.
Lampião, um dos bandidos mais temidos e procurados, liderou um movimento social acontecido no nordeste brasileiro, o cangaço, comandando vários jagunços, que dominaram a região por mais de vinte anos, nos períodos entre os séculos XIX e XX.
O movimento surgiu após Lampião se alistar em tropa policial a fim de vingar a morte do seu pai, contudo, ele não tinha boas intenções, pois queria se apoderar de bens e riquezas da região, tanto em terras como em objetos de viajantes que passavam pelo local, além de desafiar a força volante (polícia) e os coronéis.
O grupo armava tocaias, aguardando o momento certo para praticar as invasões e os assaltos. Com isso, se apropriava de terras, roubava joias, animais, causando verdadeiro terror pelos povoados. As armas usadas eram, além das espingardas, facas, punhais, cordas.
Fisicamente, os jagunços ficaram conhecidos pelas roupas de couro, adereços coloridos, chapéus característicos.
Por mais que a polícia tentasse dominar o sertão, acabar com o cangaço, não conseguia, pois suas tropas eram fracas perto dos atos de bravura e coragem de Lampião e seus cangaceiros.
O principal aspecto do movimento foi a luta contra a dominação dos poderosos coronéis e contra as autoridades do Ceará e da Bahia, que não tratavam as comunidades sertanejas com o respeito que mereciam.
Em 1930, Virgulino Ferreira da Silva casou-se com Maria Bonita, que foi a primeira mulher a participar do cangaço.
Lampião foi morto em 1938, pego numa emboscada da polícia, tendo sua cabeça decapitada e exposta para a população. Mesmo assim, o movimento continuou existindo através de seu seguidor, o Corisco, um de seus melhores amigos, porém com o objetivo de vingar a morte do amigo.
Em 1940 o cangaço chegou ao fim, com o extermínio de Corisco, encerrando a luta contra a dominação das forças policiais sobre a gente pobre e simples do sertão.
 
Suporte : Criação Website | Católicos Vip Produtora
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados - Colégio Cema-MT Principal Site